domingo, 14 de agosto de 2011

Fim de Semana Fora...

Marília, 14 de Agosto de 2011.

1h30

Estou no interior, na casa dos meus pais, passando o fim de semana, vim de carona com um amigo de Sampa, fizemos faculdade juntos...

Não consigo ficar aqui mais que dois dias inteiros, não vejo a hora de voltar pra Sampa, voltar pra agitação frenética da Terra da Garoa...

Me sinto um pouco contraditório pois ao mesmo tempo que sinto saudades dos meus pais e das minhas cadelas, não suporto ficar aqui...

Sempre que venho ouço as mesmas histórias de doenças na família, de problemas financeiros alheios, me sinto invadido, sinto como se tentassem furar minha bolha confortável, meu mundinho que tenho em São Paulo, minha rotina de ir pro trabalho, casa, academia, amigos, balada, encontros casuais, etc...

Não me conformo em sempre ouvir as mesmas queixas e não poder fazer algo pra mudar, não está ao meu alcance, o máximo que posso fazer é ouvir, criticar, aconselhar...mas não tenho muito paciência ultimamente pra isso...

Mas o que fazer?

São meus pais, meus irmãos, minha família...

Me sinto impotente por isso...

Acabaram de me deixar em casa, fui tomar um vinho, jogar conversa fora e depois pra um café...

Estou em "casa" de volta...

Casa? Não...não me sinto em casa, me sinto um estranho, aqui não é minha bolha confortável, controlada...

Quero ir embora, mas a saudade já começa a bater...

Confuso?

Muito...

Greco.

3 comentários:

Carlos, 25a disse...

Identifiquei-me muito com o blog e as postagens... Particularmente esta. Muita similaridade... Só faltou a típica pergunta da família nem tão próxima: "E a namorada?!" Poupe-nos...

Mauri disse...

Visitar a família pode ser chato, mas é necessário.

Muitas vezes nos sentimos tolos ao fazer isso, até agimos como tolos também... mas sabemos que estamos fazendo a coisa certa.

S.A.M disse...

"Visitar a família pode ser chato, mas é necessário." Mauri disse tudo.

Óbvio que eu considero também que os pais façam por merecer, mas presumo que essa é sua situação então lhe de um pouco de sua presença, que pode ser a conta-gotas mas que para eles, significará muito. De verdade! ^^