quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Perder-se...

São Paulo, 25 de Fevereiro de 2009.

7h55

Terça-feira de Carnaval...

Ouvi mais um não... a quantas será que anda minha coleção?
Dessa vez ouvi que não sou igual a ele...
Estranho... se quer alguém igual... namore um espelho e faça como Narciso...
Pensei que num relacionamento as diferenças fossem saudáveis... o tempero... o complemento... pensei que os dois lados deveriam ceder e chegar num consenso... numa harmonia...

Estou no metrô indo encontrar um amigo, quero me distrair, mas acabo de receber outro convite...
Será que eles não cansam? Ou só querem aumentar minha coleção?

Sim... estou amargo hoje, até pensei em mudar o nome do blog para "Desventuras em Série", ou algo do tipo...

Ando cansado... já estou calejado, mas continuo insistindo...
Sempre falo que ninguém se permite conhecer meu outro lado, mas eu mesmo já tenho dúvidas quanto a isso, será que tenho algum outro lado? Serei essa pessoa amargurada mesmo? cheio de sonhos não realizados? objetivos malfadados?

Por Deus!!! Não!!!

Será que posso pedir ajuda? Como?

Me seguro para não dar vexame dentro do vagão...

...

Saí com meu amigo, fomos numa balada que eu ainda não conhecia...
Foi legal... lá, encontrei outros conhecidos...
Mal cheguei e já me beliscaram... abordagem sutil essa... a primeira da noite...
Fiz que não era comigo, dei uma de "Reine de Sabá" e sai...
Não estava afim... raramente fico com alguém em baladas, quando vou é para me distrair, curtir e não ser mais um na contagem das "ficadas"...

Eu ia dormir na casa desse meu amigo, mas como ele "achou" alguém lá, não quis tirar sua privacidade e vim embora...

...

Hoje recebi um convite... ir numa sauna...

Estou a caminho... mas não sei ainda o que fazer... sinto que voltei a um caminho dissoluto...

Antes dei "100 escovadas" em meus cabelos... me olhei no espelho e não vi o Greco e pensei "esse pode"...

O toque do meu celular é uma música que começa com "Everything is wonderful..." e o refrão diz "So if I say save me save me, Be the light in my eyes..."

Me sinto cego... e não busco a luz...

Escrevo... escrevo... mas lá no fundo a palavra "sauna" me perturba...

Princípios, valores morais, hipocrisias...

Queria que esse fosse apenas um sonho confuso... queria acordar..

As estações vão passando... uma a uma... e me aproximo mais e mais... pareço ir para a guilhotina e imagino o carrasco sorrindo por baixo do seu capuz...

...

Estou voltando para casa... fui na sauna...
Grito... grito... mas ninguém me ouve... ninguém me nota...

Fui... resisti até onde pude... mas me entreguei à lascívia...

Entrei num lugar chamado labirinto... meu corpo saiu, mas minha alma ficou...
Choro porque não tenho forças e nem coragem de resgatá-la...
Não consigo me olhar no espelho...
Me sinto sujo, meus lábios, meu corpo... por mais que eu esfregue a sujeira não sai...

Me perdi...

Greco.

11 comentários:

Hensel disse...

Rapaz, voce realmente sabe usar as palavras viu. Me comovi com seu post.

Sabe, dizem que fica muito escuro antes de a luz surgir novamente.

Espero que fique tudo bem contigo.
Gostaria de conversar uma hora dessas?

Abraço.

SAM disse...

Eu também já me perdi assim!


Sobre o "não", já ouvi:

- Não acredito mais em relacionamentos.
- Não é o momento.

As vezes de tanto escutar o contrário a gente quase desiste...mas ainda há uma força lá no fundo pela qual não me rendo...

Jarbas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jarbas disse...

encontre-se, porque tudo está dentro de você. sê como a phoenix, que renasce das cinzas de seu próprio inferno.

Sandim disse...

o que será do mundo se continuarmos pensando e agindo assim?

Anônimo disse...

chèr-ami,
nossa eu realmente me comovi com suas palavras!! como disse o amigo aí: vc sabe como usar as palavras!!!
Muitas vezes pensei em fazer essas coisas que vc relata, mas nunca tive coragem, não sei se ainda bem ou se fui bobo, mas enfim não fiz..
me parece que vc está perdido, poxa é difícil falar algo, mas vc é um cara espetacular, não sei porque esse sentimento. Força mon chèr, vc tem tudo aí dentro de vc mesmo, para sair da fossa...
se te disseram não é porque não conhecem o cara especial que vc é, ou até conhecem, mas não te merecem!!

je pense que vivre est la meilleure façon de guérir une blessure1!

viva e seja feliz!!

Kivia Nascentes disse...

com essas palavras, com a força que tem para as expor, você se encontra fácil. e eu voltarei aqui para ver.

beijos.

ANDRÉ MANS disse...

Não acredito que vc tenha se perdida, não deixe a culpa te levar. "Não" faz parte, vc mesmo deve ter dito algumas boas vezes. Se a pessoa não quis conhecer seu outro lado, é porque ela não queria. Simplesmente assim. As coisas acontecem, pois nada se procura, tudo surge à tona. Mas sempre se permitindo.

Râzi disse...

Às vezes eu fico com medo de falar coisas pra vc e ser mal entendido...

Mas então, vou filosofar...

Para que achemos realmente alguma coisa, precisamos nos perder.

Beijo.

Autor disse...

Será que se perdeu mesmo?
Diz um amigo que não basta estar no fundo do poço, é preciso chafurdar na lama.

J. M. disse...

Huau, que intenso. Gostei da forma como você escreve. Voltarei mais vezes...
Essa sensação de sujo...quem nunca sentiu? Abração.